Mais intensamente nos últimos 3 anos os famosos construtores de sites (site builders) se tornaram a preferência de muitas empresas, blogueiros/blogueiras e basicamente qualquer pessoa que quer um site rápido sem pagar muito. WYSIWYG (O que você vê é o que você tem) e drag n drop (arrasta e solta) são termos que ficaram mais populares por prometer uma simplicidade e eficácia no desenvolvimento de websites.

Contudo, nem tudo são flores e mesmo e a realidade é que em muitos casos os seus problemas serão bem melhor solucionados com um site totalmente desenvolvido por um programador ou mesmo com um administrador de conteúdo, como o WordPress. Vamos ver abaixo 8 razões para escolher um profissional ou empresa que faça um site para você, caso você esteja buscando alguém para fazer seu site, ou por que desenvolver seu próprio site, caso você seja um programador.

fazer site na mao

1- Você mantém o controle de 100% do seu site e aonde ele é hospedado

As páginas e funcionalidades criadas por você em construtores de sites, como Wix, Squarespace e Weebly nunca serão de seu direito de uso. Se você quiser transferir para outro lugar ou baixar o código para usar depois terá que abandonar seu site e fazer outro do zero pois os “website builders” detém todo o controle. Isso também significa que se você deixar de pagar a mensalidade ou anualidade terá seu site, juntamente com todo o seu conteúdo, ou bloqueados ou deletados.

2- Construtores WYSIWYG gratuitos não são realmente gratuitos

Quando você tem a oportunidade de colocar um site no ar gratuitamente, a maior probabilidade é que você terá não só restrições quanto as funcionalidade e o que você pode colocar no ar mas também terá seu site usado como propaganda dos sistemas de construção de sites escolhido ou mesmo de terceiros. Para começar, provavelmente você terá o nome do serviço escolhido no seu domínio/URL e pode ser que de tempos em tempos banners com publicidade apareça em momentos inoportunos promovendo produtos ou serviços que nem você nem sua audiência, clientes ou usuários se identificam.

3- Você se faz irrelevante perante seus clientes

Esse ponto vai para quem vende o serviço de desenvolvimento de websites por meio do uso de construtores de websites e é um alerta se você está contratando. Se você faz sites para seus clientes com base nesses construtores, a última coisa que você quer é encorajar seus clientes a tomarem um caminho de “faça você mesmo” (DIY). Você declara que o seu trabalho, que provavelmente está sendo pago, pode ser feito por qualquer um.

Confira também nosso artigo sobre os problemas de sites de concursos pois se relaciona com esse problema com clientes.

Muitos clientes não conseguem fazer sites, mas ao utilizar uma solução que não depende de conhecimentos técnicos eles começam a ter a impressão que também conseguem fazer e isso é um tanto quanto perigoso pois eles vão tentar fazer sites e ficarão satisfeitos com soluções medíocres. Vale a pena ressaltar também que muitos clientes irão notar todos os problemas e defeitos de um site que você cria mas dificilmente terão o mesmo nível de exigência quando eles mesmos criarem algo utilizando a mesma plataforma simples e intuitiva que você.

fazer ser relevante para o cliente

Sendo você um cliente, vale a dica de prestar atenção se o seu profissional escolhido está utilizando um construtor de websites para entregar o trabalho. Devo dizer que gerenciadores de conteúdo, como o WordPress, Joomla ou Drupal não entram nessa categoria de construtores de sites, mesmo que alguns templates ultimamente desses sistemas façam uso de opções similares. Sites feitos a partir desses chamados CMS (Content Management Systems) tradicionais ainda dependem de um conhecimento técnico grande e você detém o controle total do seu site.

4- Você entende o seu código

Assim como o ponto anterior, essa é uma questão que é de grande importância principalmente para desenvolvedores. Escrever seu próprio código ou manipular algo que você tenha acesso a todo o código fonte não toma muito mais tempo do que utilizar um criador de websites se você já tiver experiência. Quando você precisa fazer alterações em sistemas complexos já estabelecidos ou você não terá acesso total para fazer uma determinada modificação ou terá que lidar com frustrações de criar alterações que quebram o sistema constantemente.

Quando aparece um problema ou bug é mais complicado ainda. Você fica dependente da empresa que detém os direitos do site e também não poderá entregar um bom resultado para seu cliente.

Ao escolher um construtor de websites para seu próximo projeto, sendo você um desenvolvedor ou um usuário que apenas quer ter um site, é importante considerar que a maior parte do código está por trás do que você tem acesso e irá conter tanto lixo indesejável quanto bugs que dificilmente serão rapidamente resolvidos.

entender seu codigo

5- Sites feitos com construtores sempre serão menos eficientes

Podemos colocar da seguinte forma essa questão. Um site feito para se adaptar a qualquer situação, necessidade e design, como os desses construtores que estamos falando, terá que conter partes de códigos, plugins, widgets e muitas outras ferramentas que você não utilizará. Esse lixo todo se acumula e faz o site ficar mais lento, o código maior e menos eficiente e tudo bem mais suscetível a falhas de segurança.

Sites feitos ou totalmente personalizados para seu objetivo ou através de sistemas amplamente testados, como o WordPress, trabalham com uma grande otimização de segurança, velocidade e performance.

Aproveite para conferir as melhores bibliotecas JavaScript para 2018.

6- Seu código normalmente é mais seguro

Puxando um quesito do elemento anterior, a segurança é muito importante na web. Apesar de um site desenvolvido por um programador ou empresa possivelmente ter mais falhas de segurança do que um construtor de websites bem estabelecido no mercado, esse construtor possui milhares de sites com o mesmo código. Isso faz com que os ataques sejam mais prováveis uma vez que é mais eficiente para hackers quebrar apenas um código e invadir milhares de pessoas do que quebrar a cabeça várias vezes com sites que possuem uma estrutura customizada.

7- É mais fácil melhorar o site

Quando se tem um sistema que você tem o total controle e também conhece como ele funciona é bem mais simples adicionar funcionalidades novas e melhorar. Quando se depende de construtores de sites, as novas funcionalidades veem com o tempo e de acordo com a vontade das empresas que controlam o sistema. Em comparação, se você detém o controle de seu site pode ou contratar alguém para melhorá-lo ou você mesmo pode fazer as modificações para rapidamente adequar às novas necessidades.

mais facil melhorar o site

8- Seu design é original

Não há problema em utilizar templates, mas a maior parte das modificações que se consegue fazer em construtores de websites são mínimas e pouco mudam o design de seu site. Se você navegar um pouquinho na web verá vários sites que se parecem muito mais do que podemos considerar como coincidência.

Quando se faz uso de templates abertos ou criações de design originais você garante que seu site é único e não vai parecer apenas “mais um” site na internet.

 

Se você gostou do artigo por favor deixe um comentário abaixo ou compartilhe com seus amigos.

 

Divirta-se!

Autonomia Profissional Banner