Como ter um e-mail personalizado com o seu domínio

Imagine que você está num evento de negócios e alguém pede seu cartão ou seu e-mail.

Você pega seu cartão pessoal e nele tem escrito o seguinte:

Marta Costa

Empreendedora

martacostaempreendedora1@gmail.com

…nada legal, ne?

Agora imagina que o e-mail é marta@martacosta.com.

Bem mais legal!

Nesse artigo vou te explicar como criar um e-mail personalizado com o seu domínio. Estou dando as opções gratuitas que conheço até a data de criação desse artigo e também algumas opções pagas.

O único pre-requisito é:

  • Ter um domínio personalizado

Pode ser .com, .com.br, .org ou qualquer um que tiver ou quiser usar.

Esse artigo faz parte da série Como Criar um Site. Uma série para iniciantes de como criar um site do zero.

Porém, antes de entrar na parte técnica, vou explicar um pouco sobre os domínios personalizados.

1 – Por que ter um e-mail personalizado

O principal motivo do por quê ter um e-mail personalizado é para passar a ideia de profissionalismo.

No exemplo com o qual comecei o artigo eu mostrei algo que é praticamente inevitável hoje em dia. Os principais fornecedores de e-mail (Gmail, Hotmail, Yahoo, etc) possuem tantas contas que é praticamente impossível conseguir algo que não seja ridículo como:

  • andrelucas123websites@gmail.com
  • andreemailprofissional@hotmail.com
  • andrelucasguim111@yahoo.com.br

Em especial a nova geração, que não pegou esses serviços em seus primeiros anos, não tem chance nenhuma de conseguir algo bom – exceto com nomes não muito usuais.

Eu lembro que meu primeiro e-mail já foi um custo e isso foi há uns 20 anos atrás. Lembro até hoje que a única forma que consegui, junto com meu pai, o e-mail no zipmail era andrelucasguim@zipmail.com.

Nesse momento, ter um e-mail personalizado pode ser mais um fator que mostra o quão sério e profissional você está com seus projetos e trabalhos.

Naturalmente, encontrar um domínio bom está cada vez mais difícil, mas pelo menos há muito mais opção e muitas outras estão por vir. Hoje você já conseguiria um e-mail tipo andre@andre.tech ou com terminações que sejam mais próximas do seu meio de trabalho.

Tuda essa questão de profissionalismo é importante, mas há outra coisa que nem sempre levamos em consideração e que é super importante.

Autonomia e liberdade!

Quando você contrata um serviço de e-mail em um desses provedores, está depositando suas informações pessoais em serviços que nem sempre vão lidar da maneira mais privada ou segura. Além disso, você estará à mercê das regras e até existência da empresa na qual depositou a confiança.

Aproveitando o exemplo acima, eu não consegui encontrar o serviço de e-mails do zipmail online mais. Serviços e produtos vem e vão.

Quando você tem um domínio personalizado, garante pelo menos que o endereço seja o mesmo independente de onde está utilizando. Você pode migrar muito facilmente seus e-mail de um lugar para outro mantendo os mesmos nomes.

Então agora vamos para uma explicação de como os e-mails funcionam antes das recomendações de serviços.

2 – Como funcionam os e-mails

Esse item do artigo é para aquelas pessoas que buscam um entendimento maior de como as coisas funcionam.

Vamos ter como exemplo um e-mail que está escrevendo:

De: andre@gmail.com

Para: pessoalegal@emailpersonalizado.com.br

Assunto: Testando

Mensagem: Opa, blz?

Para começar a análise, vamos pegar o recipiente da nossa mensagem.

pessoalegal@emailpersonalizado.com.br

Podemos dividir em duas partes:

  1. Nome: pessoalegal
  2. Domínio: emailpersonalizado.com.br

Se você está acomanhando nosssa série de Como Criar um Site, então está familiarizado(a) com como os domínios funcionam.

Nesse caso, quando eu clico no botão Enviar você está fazendo uma série de requisições diferentes.

A primeira delas é do seu navegador (ou sistema de gestão de e-mails do seu computador) com o serviço de e-mail que eu utilizo – no caso, o Gmail. Eu faço uma requisição a esse serviço por meio de alguns tipos de protocolos possíveis. Os mais comuns sendo o IMAP (Internet Mail Access Protocol). e o POP (Post Office Prococol). São protocolos que funcionam entre o cliente de e-mail (site do Gmail, Outlook, Mozilla Thunderbird, etc) e o servidor de e-mails.

O servidor de e-mails, no caso do Gmail, confere se está tudo em ordem e já descobre qual é o destinatário para quem ele enviará a mensagem.

A segunda requisição, portanto, ocorre quando o servidor de e-mails faz uma busca pelo endereço no DNS do domínio emailpersonalizado.com.br em busca das informações de onde está localizado o servidor de e-mails do destinatário.

Terceiro, agora sabendo para onde enviar o e-mail o servidor do Gmail nesse exemplo vai fazer uma requisição SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) para se comunicar e enviar o e-mail. O SMTP funciona como a linguagem de comunicação entre servidores de e-mails, então um servidor pode aceitar ou rejeitar o envio da mensagem.

Por fim, já dentro do seu servidor de e-mail – destinatário – há uma última peça do processo chamada MTA (Mail Transfer Agent), que vai identificar qual das caixas disponíveis nesse servidor @emailpersonalizado.com.br que vai depositar a mensagem. Assim que ele acha, nesse exemplo, a caixa “pessoalegal”, ele coloca lá a mensagem.

O processo parece complexo, mas tudo isso acontece quase instantaneamente, então conseguimos nos comunicar facilmente e rapidamente via e-mail.

Para referência, quero mencionar alguns elementos do DNS que compõe as estruturas de validação do e-mail. Quando você for configurar o seu e-mail personalizado, provavelmente terá que também configurar o seu domínio com as seguintes entradas, então é importante já as conhecer.

  • MX – Autorização do seu domínio para que outro serviço ou sistema possa enviar e-mails com o seu domínio.
  • SPF – Validação do seu sistema de e-mails para possibilitar você enviar e-mails com aquele determinado domínio.
  • DKIM – Utilizado pelos outros servidores de e-mail para verificar a autenticidade do seu e-mail.
  • DMARC – Previne e evita e-mails fraudulentos.

Agora sim, vamos aos serviços que recomendo. Não vou explorar cada configuração de cada provedor de e-mails pois são muito diferentes e também todos possuem tutoriais muito bem feitos.

3 – Zoho mail

Para começar, o Zoho mail é o melhor serviço gratuito de e-mails personalizados no momento.

Nesse inicio de 2019, você pode ter 5 contas gratuitas [@seudominio.com] sem precisar pagar nada.

No entando, se quiser mais funcionalidades, pode pagar apenas US$ 1 por cada conta e aumentar suas funcionalidades.

Já utilizo os serviços do Zoho há mais de 5 anos. Antes desse período, o melhor serviço gratuito era o da própria Microsoft Live, mas infelizmente eles pararam de oferecer gratuitamente e-mails com domínios personalizados. Por isso, conheci o Zoho Mail e tenho o utilizado até hoje.

Não acho que valha a pena ficar citando as funcionalidades de cada um pois existem dezenas e cada pessoa considera algo mais importante.

Então, vai por mim que provavelmente você estará bem aqui se suas necessidades são apenas receber e enviar e-mails, anexos, proteção contra spam, etc. No entanto, gosto sempre de dar opções, então vamos continuando.

4 – Yandex

A empresa Yandex é uma das mais importantes da Rússia e provê um serviço muito bom e gratuito de e-mails para domínios personalizados.

Entendo que para alguns manter algo tão importante quanto o e-mail em um serviço na Rússia pode não ser de início algo atraente – em especial com problemas políticos e restrições na web.

No entanto, não acho que seja um grande problema e a probabilidade é muito baixa de haver qualquer problema. Além disso, você pode utilizar um serviço como Outlook ou Mozilla Thunderbird para receber e armazenar os e-mails do Yandex localmente e poder no futuro trocar facilmente de provedor caso necessário.

Uma vantagem aqui é que você tem espaço em disco ilimitado e acesso a outros produtos da Yandex. O serviço infelizmente tem apenas em Inglês ou Russo.

5 – Servidor CPanel

Caso você tenha contratado um serviço de hospedagem com o CPanel, você tmabém terá a possibilidade de criar e-mails personalizados com o seu domínio diretamente no seu painel administrativo.

Essa opção é muito boa também, porém tem que ter um pouco mais de atenção com as configurações pois é possível que os seus e-mails cheguem com mais frequência na caixa de spam dos seus correspondentes.

É sim uma opção viável, mas sugiro pedir ajuda a pessoas próximas que possuem mais familiaridade com sistema de e-mails ou então siga à risca os tutoriais providenciados pelo serviço de hospedagem contratado.

Nesses casos eu também sugiro você também utilizar um sistema diferente para acessar os e-mails pois os clientes (sites que você acessa de fato, lê e envia e-mails) do CPanel são muito antiquados e ruins.

Por isso, você pode utilizar o SMTP, IMAP e POP, já mencionados acima no artigo, para possibilitar enviar e receber e-mails em outros clientes (Gmail, Outlook, Thunderbird, etc).

6 – G Suite

Para finalizar, vou falar do mais popular e caro sistema de e-mail personalizado, o Gmail com o serviço do G Suite.

Podemos utilizar o Gmail gratuitamente quando usamos o domínio do gmail.com. No entanto, se quiser fazer uso do cliente Gmail para um domínio personalizado, você tem duas opções.

  1. Fazer uso do SMTP, IMAP e POP para receber e enviar e-mails de lá, mas hospedar o seu e-mail em outro sistema (Zoho, Yandex, CPanel).
  2. Adquirir o G Suite por US$ 5 por mês.

Na minha opinião, o sistema do Gmail de e-mails é o mais completo, robusto e seguro que há. Gosto muito de como é fácil de mexer e recomendo a todas as pessoas que podem gastar o dinheiro necessário para sua utilização.

Se você está trabalhando autonomamente, então talvez precise apenas de uma caixa de e-mails e o valor não é tão caro. Mas se tem uma pequena empresa, terá que adquirir uma caixa para cada novo funcionário e isso vai ficando bem caro bem rápido.

Conclusão

Nesse artigo passamos por vários aspectos de como os e-mails personalizados funcionam e quais são os melhores serviços gratuitos e pagos para poder termos o próprio e-mail com nosso domínio.

Esse artigo faz parte da série Como Criar um Site, então conheça também os outros acessando o índice e ainda tem muita coisa pela frente.

Você já tem um e-mail com seu domínio personalizado? Conseguiu o configurar sozinho(a)? Comente abaixo e vamos continuar a conversa por lá.

Divirta-se!

Gostou do artigo?

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
André Lug

André Lug

Apaixonado por design e desenvolvimento de websites. De vez em quando gosta de escrever sobre produtividade, como é ser um freelancer e algumas reflexões da vida.

4 Comentários

  1. Olá, André.

    Uma atualização para todos: Desde 2017 que a Zoho não disponibiliza emails personalizados de forma gratuíta para novos usuários. Contas antigas continuam como estavam (é o seu caso, André).

    Quem quiser um domínio de topo (ex.: meudomínio.tk), graciosamente, de graça e sem pagar nada, ou necas de pitibiribas, acesse https://my.freenom.com.

    Aos que aderirem a um domínio gratuíto do https://my.freenom.com combinado com a solução da Yandex perceberão um probleminha (Ha, ha): A My Freenom permite um redirecionamento de endereço DNS por registro autoritativo do tipo “A”, apenas, e a Yandex exige que se faça um registro no DNS do tipo “TXT”, então, para fazer essa conversão, precisarão de um SERVIDOR DNS próprio. Felizmente, podem obter um grátis em, http://freedns.afraid.org/.

    Sei que as configurações vão parecer complicadas à maioria, mas penso que o sr. André, que escreveu este utilíssimo artigo, a publicação de um tutorial à respeito, além de que, uma pesquisa curta nos buscadores será benéfica aos leitores, que munidos com um pouco mais de conhecimento, poderão manter seus serviços funcionando indefinidamente.

    Agradeço ao sr. André Lug pela indicação da Yandex, que solucionou meu problema, e me coloco à disposição. Bons dias a todos.

    1. Olá Cassio,

      obrigado pela atualização! O Zoho escondeu a opção de conta gratuita no final da página de preços deles. No entanto, tem algumas limitações (como IMAP e POP) e só pode acessar via web.

      Gostei das dicas e acho que agregam muito ao conteúdo do artigo! Muito em breve vou transformar os artigos do site em vídeos para ajudar nas explicações e valerá a pena completar com essas dicas.

      Grande abraço,
      André

  2. Boa noite.
    Tentei criar um email para um dominio .ml adquirido na Freenom e me retorna uma mensagem de erro informando que a operação foi restrita. Fiz o teste com outros dominio .ml que tenho e apresenta a mesma mensagem de restrição.
    Conseguem me ajudar a solucionar isso?
    Desde já agradeço.

    Attn.

    1. Oi Adriano! Tudo bem? Cara, eu até nem conhecia esse freenom para ser sincero, no entanto pode ser que eles restrinjam o tipo de funcionalidade que você pode conectar ao seu domínio. Qual o serviço de e-mail que você testou usar e como essa mensagem de erro se deu?

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou?

Junte-se às mais de 2 mil pessoas que acompanham as novidades no mundo do design e desenvolvimento web!