Quando procuramos por um serviço de hospedagem no Google temos diversos serviços brasileiros logo entre os primeiros resultados. UOL Host, Localweb, Sempihost, Superdomínios, Terra e Hostnet são alguns do que logo pipocam e atraem os cliques. Contudo, sendo bem direto, todos são ruins.

Em primeiro lugar quero deixar claro que eu não conheço TODOS os serviços de hospedagem no Brasil, mas já passei por pelo menos uns 15. Quando comparamos mais simples e baratos serviços de hospedagem dos Estados Unidos com qualquer um desses nacionais a diferença é tão grande que estou até tendo dificuldades de achar uma analogia que tenha tamanha disparidade.

Eu sou uma pessoa que gosta de contratar serviços brasileiros quando são bem organizados e bons. Mas depois de quebrar minha cabeça inúmeras vezes com servições de hospedagem de sites brasileiros eu não consigo os recomendar para ninguém mais.

Nesse artigo vou apresentar as razões pelas quais eu tenho essa posição e apresentar algumas alternativas para que você não precise ficar escravo ou escrava desses serviços ruins.

Software – Sistemas Antigos

O primeiro serviço de hospedagem nacional que eu contratei foi o Superdomínios. Na época a web ainda estava no processo de descobrir que design e usabilidade é algo importante. Então eu não ligava muito para como era o design das páginas ou mesmo se era fácil fazer o que eu queria. Porém hoje, quase 10 anos depois, parece que muitos dos serviços de hospedagem brasileiros esqueceram de se modernizar e deixaram o mesmo sistema com o mesmo design e funcionalidades de antes.

Todo sistema de gerenciamento de hospedagens possui recursos similares. Apenas um ou outro tem diferenciais. Ao olhar para os painéis dos serviços mencionados parece que eles ignoraram a evolução das tecnologias. Quando eu digo isso eu estou falando não só de dar suporte de tecnologias de desenvolvimento mais modernas mas também de fornecer um ambiente mais amigável para a instalação e uso do sistema pelos clientes.

Quer usar hospedagem no Terra para empresas? Olha o que você vai ter que ver:

E que tal na Localweb…

Aí você pode me perguntar:

Mas André, design é tão importante assim?

O que eu te falo é:

Design não é só o visual, mas como as possibilidades de interação e a apresentação das funcionalidades são mostradas para os seus usuários. Mas sim, hoje em dia o visual também é super importante para mostrar que você é uma empresa séria.

Designs atrasados e, principalmente, que não mostram a capacidade do sistema de forma mais moderna são problemáticos. Sites como esses só me passam a impressão de que usam sistemas de gerenciamento de sites antigos, com pouca segurança e sem acesso a recursos modernos.

Leigos e Desenvolvedor Nutella

Grande parte das pessoas que usam serviços de hospedagem são leigos em programação e como os sistemas realmente funcionam. E devo dizer que mesmo os desenvolvedores hoje são muito mais Desenvolvedores Nutella do que Desenvolvedores Raiz. Isto é, tem coisas que poderiam ser feitas com um clique e não com 5 – como é o caso dos sistemas mencionados.

Um rápido exemplo do meu último contato com suporte da Terra (Março 2017). O sistema não só é realmente lento mas não aceitar # (e depois letras maiúsculas) em uma senha para FTP? Imagina de quando deve ser o sistema deles. 1995?

A internet evolui numa velocidade muito grande. Quem não consegue acompanhar o suporte às novas tecnologias vai acabar com problemas.

Hardware – Máquinas Ultrapassadas

Atualmente é comum que os websites necessitem de recursos computacionais mais poderosos. Afinal os sites não são compostos mais só de uma dúzia de arquivos e três imagens. São centenas ou milhares de pequenos módulos que juntos fazem os sites serem mais bonitos, interativos e interessantes.

O grande problema aqui é que muitos dos serviços nacionais ainda fazem uso de tecnologias ultrapassadas quando em comparação com serviços de hospedagem estrangeiros mais modernos. O uso de SSDs ainda não está difundido. Em geral os planos “Ilimitados” estão juntos com outras centenas de sites em servidores com pouca memória e espaço. Mais do que isso, se você quer algo um pouco melhor os preços já vão lá no teto.

Uma coisa eu posso dizer por experiência. Se você contratar um serviço de hospedagem compartilhada em qualquer um desses, o seu site – especialmente se for WordPress – ficará lento. Nos últimos três anos eu subi mais ou menos 120 sites para a internet e a maior parte deles são feitos com WordPress. Praticamente todos os meus clientes reclamaram que o site estava lento quando colocamos na Localweb, UOL Host, Hostnet, Terra, etc.

Suporte – Super Despreparados

Pronto. Chegamos ao meu ponto preferido para descer a lenha. Eu sou uma pessoa calma, mas suporte ruim de serviço de hospedagem brasileiro é uma daquelas coisas que eu, infelizmente, tenho que lidar rotineiramente e me tira do sério.

Eu vou dar alguns exemplos, mas para simplificar vou dizer a máxima que acredito sobre esses suportes. Eles não estão nem aí para você ou sua empresa/negócio.

Se o seu site está no ar ou não para eles tanto faz e raramente encontro um agente de suporte que me atende da maneira correta. Há mais ou menos uns 3 meses eu tive uma boa experiência de suporte na Localweb. Lembro até que eu agradeci imensamente. Deu até vontade de mandar um e-mail para os supervisores para promover a pessoa de tão impressionado que eu fiquei.

Eu vou contar três casos de suporte para exemplificar meu ponto. Quando eu falo no suporte por favor não entenda como um ataque aos funcionários. O problema é o treinamento deles e as instruções que são dadas para como resolver os problemas.

Caso de suporte no Superdomínios

O site que subi no Superdomínios era meu mesmo. Um site de jogos chamado Gueime.com.br. Ele tinha mais ou menos uns 2 meses de vida e recebia perto de 150 visitas por dia. Esse número é algo muito pequeno e não deveria nem ‘fazer cosquinha’ no meu servidor.

Certo dia conseguimos compartilhar um artigo bom e conseguimos mais ou menos umas 100 visitas a mais. Resultado: Nossa hospedagem compartilhada travou e o site caiu. Lá fui eu abrir um ticket de suporte. Ninguém respondeu. Mais outro…ninguém respondeu. Até que mandei o terceiro e olha a resposta que deram:

Magicamente o site voltou no ar depois de UMA SEMANA e, naturalmente, cacei outro lugar para hospedar.

Caso de suporte da Localweb

Para começar o suporte da Localweb é feito por um bot. Antigamente chamava Nicole e agora é Giba. Esse bot vai fazer de tudo para que você não fale com uma pessoa de verdade e tentar resolver seu problema com artigos feitos pela equipe da Localweb.

Felizmente eu há um tempo atrás descobri o código secreto que é você digitar: FALAR COM ATENDENTE. Aí ele te transfere para uma pessoa…que muitas vezes não faz diferença para o bot.

Infelizmente eu não tenho mais acesso ao histórico do suporte pois está na conta de um cliente que não tenho mais acesso. Mas o site do meu cliente tinha sido invadido (leia o tópico seguinte de segurança) e eu fui consertar. Eu abri o chat para conversar e o tempo inteiro fui tratado mal e com total má vontade. O mais bizarro é que tive que abrir três chats pois as duas primeiras pessoas não resolveram meu problema porque não conheciam do sistema e não sabiam o que fazer. Um deles simplesmente desligou o chat depois que viu que não ia conseguir me ajudar.

Caso de suporte do Terra

Vou confessar que foi por causa desse suporte hoje que resolvi fazer esse artigo. Não tem coisa mais chata do que você estar querendo fazer o seu trabalho e ter que lidar com um serviço ruim desses.

Em seguida:

Todos os requerimentos que eu fiz para meu caro HUMBERTO no chat foram respondidos com um: Somente o titular. O que ele quis dizer com isso é que somente poderia falar com o meu cliente. No caso o cliente é de uma empresa grande em Minas Gerais e possivelmente nem deve saber que o site está sendo transferido. Foram os seus funcionários que me contrataram. Entendo a justificativa de segurança, mas eu já estou logado no sistema com a senha de administração, então não faz muito sentido.

O maior problema nesse caso pra mim é a falta de preparo. Tanto de conhecimento técnico quanto de saber lidar com cliente. A impressão que dá é que pegaram um sujeito sem muita escolaridade, passaram um manual de respostas padrões e esqueceram de colocar no manual que o cliente deve ser tratado com respeito e bem.

No final das contas esse jeito de trabalhar nos faz retomar o ‘jeitinho brasileiro’. Ou seja, consegui abrir outro chamado e burlar a lógica do atendimetno sem precisar fingir que sou outra pessoa ou ter que tentar achar meu cliente ocupado dono de empresa SA para resolver problemas desse nível.

E em outro atendimento no mesmo dia tive que dar um feedback construtivo:

Gastamos uns 5 minutos de conversa aleatória porque não o atendente não prestou atenção na pergunta inicial e presumiu que eu não sabia o que estava falando.

Garantias e Seguranças

Quando eu escrevo aqui em garantias, estou me referindo ao que que cada empresa dessas me oferece de funcionalidade, tranquilidade e segurança. Em geral existem três quesitos eu eu me importo:

  • Uptime – Garantia que o servidor estará funcionando online.

  • Segurança – Proteções contra ataques, virus e malwares.

  • Velocidade – Garantia que possuo recursos computacionais constantes e que eles estarão operando de forma correta e otimizada.

Como já vimos na parte de suporte, eu já passei maus bocados por causa desses problemas. Eu tenho sites que estão há uns 5 anos no mesmo servidor estrangeiro e nunca tiveram problemas de segurança. Acho que somente uma vez saíram do ar por alguns poucos minutos. Esse servidor é igualmente simples, barato e também é compartilhado da mesma maneira do que os nacionais que estou criticando nesse artigo.

A diferença é que os serviços brasileiros não me garantem nada disso. E se garantem e dá um problema eles não pedem desculpas nem tentam te ajudar a resolver. Como exemplo, dá um pulo nas páginas de venda da Localweb e do Terra. Procura em algum lugar falando que eles garantem uptime ou disponibilidade do seu site por 99% do tempo ou algo assim. Não vai achar. No caso da localweb a palavra segurança nem aparece.

Só para constar. Nem mencionei ainda os reembolsos. 30 dias é o mínimo para um serviço estrangeiro e o dinheiro volta para seu cartão rapidamente sem nem precisar explicar o por quê de querer o reembolso. Agora vai tentar ter seu dinheiro de volta mesmo que um dia depois em algum serviço de hospedagem de sites nacional.

Preço

Se os serviços de hospedagem de sites brasileiros são piores e o dólar está alto, pelo menos devem ser mais baratos, não é?

Na verdade não.

Vou colocar aqui uma rápida tabela comparativa de preços para você ter uma ideia. Tentarei pegar os planos mais simples que são parecidos. Todos os valores são por mês. Alguns com contratos mensais outros trimestrais. Evitei pegar os contratos anuais.

Serviços de hospedagem de sites nacionais

Hospedagem Valor
UOL Host R$26,90
Terra R$24,90
Localweb R$35,90
Superdomínios R$14,95
Hostnet R$14,90
Kinghost R$15,30

Serviços de hospedagem estrangeiros

Hospedagem Valor
GoDaddy R$8,99
Dreamhost US$ 7.95
HostGator R$15,99
Bluehost R$12,90

Serviços premium de hospedagem estrangeiros

Resolvi colocar esses aqui também para comparar uma vez que não são tão mais caros mas possuem servidores muito poderosos. Eles podem ser uma boa alternativa para quem precisa de um serviço ainda melhor.

Hospedagem Valor
Digital Ocean US$5
Mediatemple US$20
WP Engine US$29
Liquidweb US$119

Conclusão

Acabei escrevendo um tanto a mais do que eu planejava, mas espero que agora você tenha um pouco mais de conhecimento sobre como grande parte dos serviços de hospedagem no Brasil estão precários. Não é atoa que serviços estrangeiros como GoDaddy, Hostgator e Dreamhost estão já todos com atendimento em português. Estão até pagando mais para ficar em primeiro no Google ao comprar as palavras-chave de hospedagem de sites.

Eu sinceramente espero que os serviços nacionais se tornem melhores no futuro e possam oferecer tecnologia, suporte e preços que brilhem nossos olhos. Nesse momento eu vou escrever um outro post elogiando. Mas por enquanto só posso recomendar os serviços estrangeiros mencionados.

Especialmente hoje os serviços da MediaTemple e Dreamhost estão muito bons. Fica aí minha recomendação.

Se você gostou do artigo ou discorda de algo, deixa abaixo um comentário e vamos continuar por lá.

 

Divirta-se!

Autonomia Profissional Banner