Está achando seu site um pouco lento, inseguro, instável, cheio de erros, sem suporte da empresa que contratou e/ou uma combinação dos problemas acima? Então talvez esteja na hora de você trocar o servidor do seu site WordPress.

Nesse artigo vou te mostrar alguns dos principais indicadores de que está na hora de você trocar de servidor.

Seja para uma outra empresa de hospedagem ou para uma máquina/plano melhor na mesma empresa, a troca de servidor costuma vir carregada de medos e mistérios. Mas pode ficar tranquilo(a) que também vou te mostrar que pode ser bastante simples.

Por que trocar de servidor para seu site WordPress é algo simples

Quando eu comecei a desenvolver websites em 2012 a migração de um site WordPress para outro servidor era uma das questões que mais me davam problemas. Ainda naquela época esse era um procedimento não muito difícil, mas hoje é uma ação que com ajuda dos plugins e conhecimentos certos pode ser tão fácil quanto criar um novo post.

Em geral, acredito que os maiores medos são:

  • O site pode ficar offline
  • Pode ser que o novo site dê problemas e erros
  • É necessário migrar também o domínio e é complicado em mexer no DNS
  • E se no novo servidor continuar com problemas?
  • Se eu precisar contratar alguém em caso de erro vai ser caro

A priori todas essas questões são importantes e potenciais dificuldades. Em breve vou compartilhar aqui no blog da Iglu um artigo que aprofunda em cada uma dessas áreas, mas já vou deixar uma dica aqui que já simplificará 10 vezes a migração:

Utilize o plugin All In One Migration Tool.

Esse plugin compacta todo o seu site em um arquivo que você pode baixar e depois carregar no novo site (que será uma instância do WordPress recém instalada que também deverá ter o plugin instalado).

O que importa aqui é que seu site não ficará mais do que alguns instantes offline (sugiro até fazer a migração de madrugada por esse motivo) e utilizando o plugin acima é muito difícil ter erros. Com relação ao domínio, é sim um pouco chato, mas existem centenas de artigos no Google falando exatamente sobre isso, então rapidamente uma solução se apresentará.

Por fim, com relação à qualidade do novo servidor, temos aqui dois textos que irão te ajudar a tomar a melhor decisão e não ter problemas com isso mais:

Agora então que a questão do medo está um pouco mais tranquila, vamos aos principais indicadores de que está na hora de você trocar de hospedagem para seu site WordPress.

Suporte ruim

Já vou começar com um tópico que as empresas de hospedagem de websites brasileiras tem muita dificuldade: o suporte. Se você ou tem que esperar mais de 3 minutos para ser atendido no chat ou os representantes não resolvem seu problema, provavelmente está na hora de mudar de serviço.

Para mim esse ponto é de extrema importância, mas hoje eu só sei o que é um bom atendimento porque tive experiência com empresas que se importam com seus clientes e com seus funcionários. Agora me tratar com atenção, respeito e, principalmente, fazer tudo que é possível para resolver meu problema é o padrão.

Um indicador importante aqui é: se você for atendido por um bot, não contrate o serviço.

Painel administrativo insuficiente

Entendo que muitas empresas não tenham recursos enormes para criar painéis administrativos impressionantes. Mas um mínimo de design, acesso a funcionalidades importantes e boa usabilidade são questões básicas para qualquer serviço digital em 2018.

Eu não aceito mais entrar em um site ou painel administrativo que parece um layout de 1995. Um parâmetro interessante de se acompanhar é como que os sites e painéis administrativos dos serviços de hospedagem vão mudando ao longo do tempo. Como já estou há uns bons anos lidando com diversos serviços, pude ver a evolução de muitos. Posso mencionar o GoDaddy como um bom exemplo de desenvolvimento de sua área administrativa (parece que toda vez que entro hoje em dia tem coisa nova)  e o portal Terra como um péssimo exemplo, já que aparentemente está com o mesmo painel desde que abriu suas portas.

Carregamento lento de páginas

Velocidade é um fator de extrema importância para que seu site possa promover a melhor experiência tanto para seus usuários quanto para os robôs da google.

Lentidão de sites WordPress pode ser causada por uma série de fatores:

  • Template mal desenvolvido
  • Plugins ou demais ou também mal desenvolvidos
  • Número grande de requisições na página (muita gente usando o site ao mesmo tempo)
  • Poucos recursos computacionais (memória, CPU, banda, etc) no servidor
  • Não uso de cache

Mas a maior parte dos erros podem ser resolvidos com uma configuração melhor da máquina na qual o seu site WordPress está instalado. Inclusive, aqui tem algumas dicas de como melhorar a performance do seu site.

Um bom serviço de hospedagem poderá te informar exatamente onde está o problema da lentidão e te ajudar a resolver esse problema. Dependendo é alguma configuração do .htaccess ou mesmo algo que um upgrade instantâneo de plano pode já resolver.

Suspensão do seu website

Grande parte dos provedores de hospedagem tem o direito de tirar o seu site do ar se eles identificarem algum tipo de atividade ilegal ou suspeita. No entanto, algumas empresas acabam abusando desse poder por causas, muitas vezes, não justas como um excedente de uso computacional.

Os provedores de hospedagem devem respeitar o seu site uma vez que você está confiando neles com algo precioso. Qualquer tipo de suspensão deverá antes ser notificada com muita antecedência e, mais do que isso, vir com uma busca de resolver o problema antes de tirar o seu site do ar.

Se você já passou por algo assim, então a empresa que usa para hospedar seu site não merece mais ter você como cliente.

Aqui talvez seja importante mencionar a relevância de ter um backup do seu site seguro em algum lugar. Pode ser bem útil nesses momentos.

Site fora do ar

Sites fora do ar comprometem imensamente sua reputação com os sistemas de busca e com seus clientes.

Um dos primeiros sites que fiz foi hospedado num serviço mais barato. Estava indo tudo bem até que depois de um mês praticamente todos os dias o site saía do ar por algumas horas. Depois fui entender que a fonte do problema poderia ser que o meu site compartilhava uma máquina com outros clientes da empresa e alguns desses clientes estavam recebendo visitas demais e isso poderia comprometer o meu site.

Se algo assim soa familiar, é um grande indicador que está na hora de mudar de provedor de hospedagem.

Se você não sabe muito bem se o seu site está online sempre, sugiro o uso da ferramenta Uptime Robot. Nela você pode monitorar dezenas de sites de graça. Ele tenta acessar seu site de 5 em 5 minutos para garantir que o site está respondendo. Se ele ficar offline um e-mail é enviado para você avisando.

Gosto muito dele e já uso há muitos anos para acompanhar os meus websites quantos dos meus clientes.

Não aceite nenhum número menor do que 99% de uptime (palavra usada para referir ao tempo que o seu site está online).

Uma vez ou outra pode ser que o servidor tenha um problema, um ataque de hackers ou qualquer coisa do tipo e saia do ar. O problema vem quando isso é muito frequente.

Erros e mais erros

Se já tem um tempo que você está usando o WordPress, já deve ter percebido que o que não faltam são erros comuns da plataforma. Erro da tela branca, erro de memória, erro de conexão com banco de dados, erro interno do servidor, etc.

Muitas vezes os erros podem vir de configurações mal feitas da parte do desenvolvimento do site (template, plugin, etc). Contudo, outras muitas vezes o erro pode ser de configuração errada do servidor.

Conexão com o banco de dados pode acontecer porque o banco de dados está com suas conexões esgotadas, por exemplo, e esse é um dos exemplos que é de total responsabilidade do serviço de hospedagem resolver.

Seu site superou as capacidades do seu servidor

Para finalizar, acho interessante mencionar esse problema que é um problema bom. Se seu site está recebendo muitas visitas e cresceu nos últimos tempo, então talvez ele ficou grande demais para o plano ou a empresa que está o hospedando.

A maior parte das pessoas e empresas começam adquirindo serviços de hospedagem compartilhados e baratos. O que está tudo bem para um site com poucas mil visualizações por mês.

Contudo, esperançosamente uma hora os sites começam a receber mais visitantes e simplesmente o serviço de hospedagem não mais dará conta de atender às grandes quantidades de visitas.

Nesse momento pode ser que todos os problemas acima apareçam inclusive. Mudar então de servidor vira uma prioridade.

Pronto para mudar de servidor, mas para onde?

Se você está lendo esse artigo é provável que está considerando a troca do seu serviço de hospedagem para seu sites WordPress.

Na nossa área de Ferramentas aqui do blog da Iglu recomendamos alguns serviços de hospedagem, mas hoje o que eu mais tenho melhores resultados é com o serviço da Media Temple.

Vou deixar aqui duas opções:

Junto vai uma dica: Entrem no chat e peçam por um coupon de desconto que eles sempre tem algum bom :)

Um bônus aqui vai também caso você não queira mais ficar com o WordPres e está buscando algo bem mais rápido e seguro.

Se você gostou do artigo comenta abaixo contando quais desses problemas (ou algum outro) está enfrentando e vamos continuar a conversa por lá.

Divirta-se!

Autonomia Profissional Banner